Avião e Aeroporto

Avião e aeroporto

Para não perder o avião, chegue sempre ao aeroporto com duas horas de antecedência e faça o check-in imediatamente. Desta forma, você estará garantindo seu lugar no avião e despachando as malas, ficando livre desse “peso”. Se chegar na última hora, você estará sujeito(a) ao overbook (venda de maior número de assentos do que a capacidade do avião praticada pelas companhias aéreas – isso é ilegal) ou então, a encontrar outro passageiro na sua poltrona, o que significa que a empresa vendeu a mesma poltrona para duas pessoas diferentes.

Se você perder o avião, dirija-se ao balcão da companhia aérea, remarque seu bilhete e aguarde o próximo vôo. Os vôos não regulares, conhecidos como charter, não dão direito à remarcação do bilhete. Ou seja, se você perder esse vôo, volte para casa.

Passagem, passaporte, vouchers, comprovante do seguro de viagem, recibo do traveller check, enfim, documentos indispensáveis a qualquer viajante, devem estar sempre na bagagem de mão, muito bem guardados. (Voucher = comprovação do pagamento antecipado da estadia)

Tenha à mão um xerox do bilhete e o telefone da agência que lhe vendeu a passagem, pois em caso de perda ou roubo você cancela o bilhete no balcão e apresenta o xerox, ou solicita à agência um fax da passagem.

Guarde sempre o tíquete de despacho da bagagem. É o único comprovante que lhe assegura algum reembolso em caso de perda. Se você puder, faça um seguro de bagagem. É melhor garantir!

Para um embarque seguro, ligue uns três dias antes para a companhia aérea confirmando se o seu nome está na lista dos passageiros daquele vôo. Se não estiver, comunique à agência que lhe vendeu a passagem. Ela tomará providências.

Antes de embarcar (na ida), dê uma olhada nos preços do freeshop e compare-os durante a viagem. As vezes, é vantagem deixar para comprar algumas coisas na volta, evitando transtornos na hora de despachar a bagagem. . . .

O passageiro que viaja de avião tem direito a um “seguro” contra atraso. Quando o avião atrasa mais de 4 horas, o Código Brasileiro de Aeronáutica e os tratados aéreos internacionais garantem ao passageiro que ele se alimente e, se for preciso, durma num hotel, e as despesas ficarão por conta da empresa aérea. Você só precisa mandar a conta e uma cópia do bilhete para a companhia aérea responsável pelo vôo.

Confira nossos últimos pacotes
[recent_products per_page=”3″ columns=”3″ orderby=”date” order=”desc”]