Quando viajamos, sempre nos deparados com coisas das mais inusitadas e nunca sabemos de tudo o que vamos encontrar pela frente nos mais diversos cantos desse mundo. A Inglaterra é um dos países que reserva lugares curiosos e fora da rota tradicional para os turistas, como é o caso do vilarejo de Lavenham, no distrito de Suffolk, que impressiona por suas casas tortas.

Com arquitetura remetendo às típicas casas holandesas, as residências nada convencionais da cidade medieval têm uma explicação. Durante os séculos 15 e 16, a aldeia era conhecida por sua lã de alta qualidade e as casimiras azuis que produzia, vivendo um período economicamente farto, chegando até a pagar mais impostos do que cidades maiores. Muitos edifícios, como a igreja de São Paulo, ainda esbanjam a prosperidade da época, de onde inclusive surgiu a história de que Henrique VII multou várias famílias enquanto visitava o local, em 1487, por conta da exibição de muita riqueza.

Mas a cidade cresceu tão rápido que aumentou a demanda de casas, sendo construídas às pressas com madeira verde. E o resultado está aí: a madeira secou e acabou entortando com o tempo, deformando as estruturas. Depois disso vieram os maus tempos de Lavenham, já que os refugiados holandeses passaram a produzir panos mais baratos, mais leves e elegantes na cidade de Colchester, levando a indústria da vila à falência. Sem dinheiro e com as casas já deformadas, as famílias acabaram deixando como estavam.

O resultado é o que você vê abaixo:

lavenham-topo

 

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

 

Fonte: www.nomadesdigitais.com.br

 

 

Fotos: 1. Martin Pettitt; 2. Chris; 3.  Niko S90; 4. Rosalynhilborne; 5. Bruce Hatton; 6. Piotr Tumilowcz; 7. Le Monde; 8. Patrick McGrath; 9. Kevin Anderson; 10. Piotr Tumilowcz; 11. Piotr Tumilowcz; 12.  Banksfam;