Sempre que viajamos, surge uma curiosidade de como são as baladas e a vida noturna local, que é sempre uma caixinha de surpresas. O que é mais do que inesperado é uma casa noturna funcionar dentro de uma caverna, no caso, a Disco Ayala, em Trinidad,Cuba.

O trajeto é um pouco complicado, numa rua sem asfalto na periferia da cidade, principalmente se lembrarmos que essa caverna natural já foi o lar de um serial killerfamoso. A entrada simples esconde a discoteca mais exclusiva do mundo, onde você paga apenas três pesos cubanos (cerca de 25 centavos), que ainda lhe dão direito a uma bebida. A música latina alta, as luzes coloridas e um bando de artistas malucos, divididos entre cinco pistas de dança e três bares, fazem com que você se sinta num lugar diferente de todos os outros.

A caverna suporta entre 3 mil a 4 mil pessoas durante sete dias por semana, das 23h às 3h. O melhor horário é o da 1h da madrugada, quando performers tomam conta da casa, cheios de acrobacias, chamas e outros artifícios que dão nova vida ao espaço. Com o valor da entrada, você já percebe que gasta-se muito pouco, pois os três pesos cubanos também podem bancar um mojito, uma cuba libre ou uma cerveja.

Dá uma olhada nas fotos:

Disco-Ayala3

Disco-Ayala4
Disco-Ayala
Disco-Ayala5
Disco-Ayala7
Disco-Ayala21

fonte: www.nomadesdigitais.com