A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou o reajuste das tarifas de aeroportos públicos, segundo portaria publicada no “Diário Oficial da União” desta quarta-feira (14). As novas tarifas entram em vigor em 30 dias.

De acordo com a portaria, sofrerão aumento as tarifas aeroportuárias de embarque, conexão, pouso e permanência, domésticas e internacionais.

A tarifa de embarque em voo doméstico no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, ou no Santos Dumont, no Rio de Janeiro, por exemplo, passará de R$ 21,57 para R$ 24,64. No caso de embarque internacional, nos mesmos aeroportos, a taxa subirá de R$ 38,19 para R$ 43,61.

Sobre os embarques internacionais, incide ainda um adicional tarifário, que varia de R$ 14,13 a R$ 42,38. Com a inclusão do adicional tarifário, o valor do embarque internacional nos aeroportos de 1ª categoria sobe para R$ 85,99.

Acesse aqui a lista dos aeroportos de acordo com a categoria.

Segundo a Anac, o reajuste das tarifas corresponde à “atualização monetária das tarifas aeroportuárias”, que considera o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deduzido de um número chamado de fator X, que compartilha os ganhos de produtividade do setor com os usuários.